Atualizado de hora em hora!

Servidores Proxy Gratuitos

Op√ß√Ķes de proxy

Domínio para IP
An√īnimo
Tipo de proxy
Suporte web

Limites da lista de proxy
H√° um limite de 1000 proxies para serem exibidos via web devido a limita√ß√Ķes t√©cnicas, mas voc√™ pode baixar a lista completa de proxies no formato ip:port clicando no √≠cone
Observe também que você pode alternar os proxies selecionados clicando no ícone

Carregando...

Informa√ß√Ķes sobre servidores proxy

Uma perspectiva histórica

A história dos servidores proxy está intimamente ligada ao desenvolvimento das redes de computadores e da Internet. Os servidores proxy evoluíram significativamente desde o seu início, nos primórdios da computação em rede. Aqui está uma breve visão geral de sua história:

  1. Networking inicial: Nos primórdios das redes de computadores, quando vários computadores estavam conectados entre si, havia a necessidade de uma maneira de gerenciar e controlar o fluxo de dados entre eles. Isso levou ao desenvolvimento do conceito de servidores proxy.

  2. Era ARPANET: A precursora da Internet moderna, a ARPANET, estabeleceu alguns dos conceitos fundamentais para servidores proxy. A ARPANET, desenvolvida pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos no final da d√©cada de 1960 e in√≠cio da d√©cada de 1970, usava servidores proxy para armazenar em cache arquivos acessados ‚Äč‚Äčcom frequ√™ncia e reduzir o uso de largura de banda.

  3. Protocolo Gopher: No final da década de 1980 e início da década de 1990, o protocolo Gopher foi desenvolvido como uma forma de organizar e recuperar documentos pela Internet. Os servidores proxy desempenharam um papel neste protocolo, armazenando documentos em cache e melhorando a velocidade de acesso dos usuários.

  4. Rede mundial de computadores: Com a inven√ß√£o da World Wide Web por Tim Berners-Lee no in√≠cio da d√©cada de 1990, a necessidade de servidores proxy cresceu rapidamente. √Ä medida que a web ganhou popularidade, servidores proxy foram usados ‚Äč‚Äčpara melhorar o desempenho, impor pol√≠ticas de seguran√ßa e fornecer anonimato aos usu√°rios.

  5. Servidor proxy Netscape: Em 1995, a Netscape Communications Corporation lan√ßou o Netscape Proxy Server, que fornecia cache e recursos de seguran√ßa para o tr√°fego da web. Esta foi uma das primeiras solu√ß√Ķes de servidor proxy dispon√≠veis comercialmente.

  6. Squid: O Squid, um software de servidor proxy de código aberto, foi lançado no final da década de 1990 e rapidamente ganhou popularidade devido à sua confiabilidade e desempenho. O Squid ainda é amplamente utilizado hoje como servidor proxy de cache.

  7. Redes Corporativas: Os servidores proxy tornaram-se comuns em redes corporativas como forma de controlar e monitorar o acesso √† Internet dos funcion√°rios. Os servidores proxy permitiram que os administradores de rede aplicassem pol√≠ticas, filtrassem conte√ļdo e melhorassem o desempenho armazenando em cache os recursos acessados ‚Äč‚Äčcom frequ√™ncia.

  8. Filtragem e seguran√ßa de conte√ļdo: Al√©m das melhorias de cache e desempenho, os servidores proxy come√ßaram a ser usados ‚Äč‚Äčpara filtragem de conte√ļdo e para fins de seguran√ßa. Eles poderiam bloquear o acesso a sites maliciosos, filtrar conte√ļdo indesejado e fornecer uma camada de defesa contra amea√ßas cibern√©ticas.

  9. Servidores proxy reverso: Os servidores proxy reversos, que ficam na frente dos servidores web e lidam com as solicita√ß√Ķes recebidas dos clientes, tornaram-se populares para balanceamento de carga, descarregamento de criptografia SSL e oculta√ß√£o da estrutura interna de uma rede de usu√°rios externos.

  10. Hoje: Os servidores proxy continuam a desempenhar um papel crucial nas redes de computadores e na Internet. Eles s√£o usados ‚Äč‚Äčpara diversos fins, incluindo melhorar o desempenho, aumentar a seguran√ßa, permitir o acesso a conte√ļdo com restri√ß√£o geogr√°fica e garantir o anonimato dos usu√°rios.

No geral, a história dos servidores proxy reflete a evolução das redes de computadores e da Internet, à medida que se adaptaram para atender às novas necessidades dos usuários e administradores de rede ao longo do tempo.

A paisagem atual

Na era digital de hoje, os servidores proxy tornaram-se onipresentes em uma infinidade de setores e aplica√ß√Ķes. Desde grandes empresas at√© usu√°rios individuais, a demanda por solu√ß√Ķes de servidores proxy continua a crescer exponencialmente. Uma das caracter√≠sticas definidoras dos servidores proxy modernos √© a sua versatilidade, pois oferecem uma ampla gama de funcionalidades adaptadas para atender √†s diversas necessidades dos usu√°rios.

Características de uso de servidores proxy

  1. Anonimato e privacidade: Os servidores proxy permitem aos usuários mascarar seus endereços IP e anonimizar suas atividades na Internet, protegendo assim sua privacidade e anonimato online.

  2. Filtragem de conte√ļdo e controle de acesso: Os servidores proxy permitem que as organiza√ß√Ķes implementem pol√≠ticas granulares de filtragem de conte√ļdo e apliquem controles de acesso, mitigando assim os riscos de seguran√ßa e garantindo a conformidade regulat√≥ria.

  3. Balanceamento de carga e otimização de tráfego: Os servidores proxy distribuem o tráfego de rede entre vários servidores, equilibrando a carga e otimizando o desempenho da rede, aumentando assim a escalabilidade e a confiabilidade.

  4. Compatibilidade e criptografia SSL: Os servidores proxy suportam protocolos de criptografia SSL/TLS, garantindo a comunicação segura entre clientes e servidores, protegendo assim dados confidenciais contra interceptação e acesso não autorizado.

  5. Resolução DNS: Os servidores proxy executam a resolução de DNS em nome dos clientes, traduzindo nomes de domínio em endereços IP e facilitando a comunicação contínua entre clientes e servidores, melhorando assim a eficiência e o desempenho da rede.

Protocolos proxy

Web Proxy, Connect Proxy, SOCKS4 Proxy e SOCKS5 Proxy são todos tipos de servidores proxy, mas diferem em seus protocolos, funcionalidades e na maneira como lidam com o tráfego de rede. Vamos explorar as diferenças entre eles:

  1. Proxy da Web:

    • Protocolo: Os proxies da Web usam principalmente o protocolo HTTP para comunica√ß√£o.
    • Funcionalidade: Os proxies da Web s√£o projetados especificamente para lidar com tr√°fego HTTP e HTTPS. Eles interceptam e encaminham solicita√ß√Ķes da Web de clientes para servidores e retransmitem as respostas aos clientes. Os proxies da Web s√£o comumente usados ‚Äč‚Äčpara tarefas como armazenamento em cache, filtragem de conte√ļdo e anonimato do tr√°fego da Internet.
    • Caracter√≠sticas: Os proxies da Web s√£o f√°ceis de instalar e configurar, tornando-os adequados para aplicativos b√°sicos de navega√ß√£o na Web. No entanto, eles podem n√£o suportar outros protocolos ou recursos avan√ßados comumente encontrados em outros tipos de proxies.
  2. Connect:

    • Protocolo: Os proxies Connect operam na camada de transporte do modelo OSI e normalmente usam o m√©todo CONNECT do protocolo HTTP.
    • Funcionalidade: Os proxies de conex√£o estabelecem um t√ļnel TCP entre o cliente e o servidor de destino, permitindo a transmiss√£o direta de dados sem convers√£o ou modifica√ß√£o de protocolo. Os proxies de conex√£o s√£o comumente usados ‚Äč‚Äčpara estabelecer conex√Ķes seguras com servidores remotos, como sites HTTPS ou servidores FTP seguros.
    • Caracter√≠sticas: Os proxies do Connect s√£o transparentes para os protocolos da camada de aplicativo, tornando-os adequados para aplicativos que exigem criptografia de ponta a ponta e n√£o suportam configura√ß√Ķes com reconhecimento de proxy. No entanto, eles podem ter suporte limitado para recursos avan√ßados, como filtragem de conte√ļdo e cache.
  3. SOCKS4:

    • Protocolo: Os proxies SOCKS4 usam o protocolo SOCKS4 para comunica√ß√£o.
    • Funcionalidade: Os proxies SOCKS4 suportam conex√Ķes TCP e fornecem mecanismos b√°sicos de autentica√ß√£o para autoriza√ß√£o do cliente. No entanto, eles n√£o suportam tr√°fego UDP ou m√©todos avan√ßados de autentica√ß√£o dispon√≠veis em vers√Ķes posteriores do protocolo SOCKS.
    • Caracter√≠sticas: Os proxies SOCKS4 s√£o leves e eficientes, tornando-os adequados para aplicativos que exigem funcionalidade b√°sica de proxy sem a necessidade de recursos avan√ßados. No entanto, a falta de suporte ao tr√°fego UDP e m√©todos de autentica√ß√£o avan√ßados pode limitar a sua aplicabilidade em determinados cen√°rios.
  4. SOCKS5:

    • Protocolo: Os proxies SOCKS5 usam o protocolo SOCKS5 para comunica√ß√£o.
    • Funcionalidade: Os proxies SOCKS5 suportam conex√Ķes TCP e UDP, tornando-os mais vers√°teis que os proxies SOCKS4. Al√©m disso, os proxies SOCKS5 oferecem mecanismos de autentica√ß√£o aprimorados, incluindo autentica√ß√£o de nome de usu√°rio/senha e autentica√ß√£o GSS-API, proporcionando maior seguran√ßa e flexibilidade.
    • Caracter√≠sticas: Os proxies SOCKS5 s√£o amplamente usados ‚Äč‚Äčpara v√°rios aplicativos, incluindo navega√ß√£o na web, jogos online e compartilhamento de arquivos ponto a ponto. Seu suporte ao tr√°fego TCP e UDP, juntamente com m√©todos avan√ßados de autentica√ß√£o, os torna adequados para uma ampla variedade de casos de uso.

Em resumo, as principais diferen√ßas entre proxies web, proxies de conex√£o, proxies SOCKS4 e proxies SOCKS5 est√£o em seus protocolos, funcionalidades e caracter√≠sticas. Os proxies da Web s√£o especializados para lidar com o tr√°fego HTTP e HTTPS, enquanto os proxies de conex√£o estabelecem t√ļneis TCP para conex√Ķes seguras. Os proxies SOCKS4 oferecem suporte e autentica√ß√£o TCP b√°sicos, enquanto os proxies SOCKS5 fornecem suporte mais amplo para tr√°fego TCP e UDP, juntamente com mecanismos avan√ßados de autentica√ß√£o. A escolha do tipo de proxy depende dos requisitos espec√≠ficos da aplica√ß√£o e do n√≠vel desejado de funcionalidade e seguran√ßa.

Resolução DNS

A resolução DNS de um proxy refere-se a como o servidor proxy resolve nomes de domínio em endereços IP. Quando um cliente envia uma solicitação para acessar um site por meio de um servidor proxy, o servidor proxy precisa resolver o nome de domínio fornecido na solicitação para um endereço IP para estabelecer uma conexão com o servidor de destino.

Aqui está um processo típico:

  1. O cliente envia uma solicitação de acesso a um site através do servidor proxy, especificando o nome do domínio (por exemplo, www.google.com).

  2. O servidor proxy recebe a solicitação e extrai o nome de domínio.

  3. O servidor proxy executa a resolução DNS para traduzir o nome de domínio em um endereço IP. Isso geralmente envolve consultar servidores DNS.

  4. Depois que o servidor proxy obtém o endereço IP do servidor de destino, ele estabelece uma conexão em nome do cliente.

  5. Toda a comunicação subsequente entre o cliente e o servidor de destino passa pelo servidor proxy.

O processo de resolu√ß√£o DNS em um servidor proxy √© essencial para rotear solicita√ß√Ķes de clientes para os servidores de destino corretos na Internet. Al√©m disso, alguns servidores proxy avan√ßados podem implementar mecanismos de cache para acelerar a resolu√ß√£o de DNS e melhorar o desempenho.

Anonimato do proxy

Proxy Transparente, Proxy An√īnimo e Proxy Elite s√£o tr√™s tipos diferentes de servidores proxy, cada um oferecendo n√≠veis variados de anonimato e funcionalidade. Vamos explorar as diferen√ßas entre eles:

  1. Proxy Transparente:

    • N√≠vel de anonimato: Proxies transparentes fornecem o n√≠vel mais baixo de anonimato. Eles n√£o modificam nem ocultam o endere√ßo IP do cliente, tornando o endere√ßo IP do cliente vis√≠vel para o servidor de destino.
    • Funcionalidade: Proxies transparentes interceptam e encaminham solicita√ß√Ķes de clientes sem modificar os cabe√ßalhos das solicita√ß√Ķes. Eles normalmente s√£o implantados no gateway da rede e usados ‚Äč‚Äčpara fins de armazenamento em cache, filtragem de conte√ļdo e registro de tr√°fego.
    • Caracter√≠sticas: Proxies transparentes s√£o frequentemente usados ‚Äč‚Äčem ambientes corporativos e redes Wi-Fi p√ļblicas para monitorar e controlar o tr√°fego da Internet. Embora ofere√ßam benef√≠cios como cache e filtragem de conte√ļdo, eles n√£o fornecem privacidade ou anonimato aos usu√°rios.
  2. Proxy An√īnimo:

    • N√≠vel de anonimato: Os proxies an√īnimos fornecem um n√≠vel moderado de anonimato. Eles ocultam o endere√ßo IP do cliente, substituindo-o pelo endere√ßo IP do servidor proxy nos cabe√ßalhos de solicita√ß√£o enviados ao servidor de destino. No entanto, ele pode enviar um cabe√ßalho HTTP chamado "X-Forwarded-For" (desde 2014, a IETF aprovou uma defini√ß√£o de cabe√ßalho padr√£o para proxy, chamada "Forwarded"), que cont√©m seu endere√ßo IP real, alertando o servidor web que voc√™ est√£o usando um proxy. Este cabe√ßalho pode ser detectado por alguns sites ou servidores, reduzindo at√© certo ponto o n√≠vel de anonimato.
    • Funcionalidade: Proxies an√īnimos retransmitem solicita√ß√Ķes de clientes para servidores de destino enquanto ocultam o endere√ßo IP do cliente. Eles n√£o adicionam nenhuma informa√ß√£o de identifica√ß√£o adicional aos cabe√ßalhos da solicita√ß√£o, proporcionando assim um certo grau de anonimato aos usu√°rios.
    • Caracter√≠sticas: Proxies an√īnimos s√£o comumente usados ‚Äč‚Äčpara contornar restri√ß√Ķes geogr√°ficas, acessar sites bloqueados e preservar a privacidade do usu√°rio. No entanto, eles ainda podem ser detect√°veis ‚Äč‚Äčpor t√©cnicas avan√ßadas de an√°lise de rede e seu anonimato pode n√£o ser infal√≠vel.
  3. Elite Proxy (também conhecido como proxy de alto anonimato):

    • N√≠vel de anonimato: Os proxies Elite fornecem o mais alto n√≠vel de anonimato. Eles ocultam completamente o endere√ßo IP do cliente e parecem indistingu√≠veis dos usu√°rios regulares da Internet at√© os servidores de destino. Quando voc√™ usa um proxy elite, ele n√£o envia os cabe√ßalhos ‚ÄúForwarded‚ÄĚ ou ‚ÄúX-Forwarded-For‚ÄĚ, garantindo que seu endere√ßo IP real permane√ßa completamente oculto dos sites ou servidores que voc√™ visita. O servidor web v√™ apenas o endere√ßo IP do servidor proxy, tornando dif√≠cil para os sites detectarem que voc√™ est√° usando um proxy.
    • Funcionalidade: Os proxies Elite modificam os cabe√ßalhos das solicita√ß√Ķes para remover qualquer informa√ß√£o de identifica√ß√£o, incluindo o endere√ßo IP do cliente, tornando praticamente imposs√≠vel para os servidores de destino determinar a verdadeira origem da solicita√ß√£o.
    • Caracter√≠sticas: Os proxies Elite oferecem o m√°ximo de privacidade e anonimato aos usu√°rios, tornando-os ideais para aplicativos confidenciais que exigem confidencialidade absoluta. Eles s√£o comumente usados ‚Äč‚Äčpara tarefas como servi√ßos banc√°rios on-line, comunica√ß√Ķes confidenciais e contornar a censura.

Em resumo, as principais diferen√ßas entre proxies transparentes, proxies an√īnimos e proxies de elite residem nos seus n√≠veis de anonimato e funcionalidade. Os proxies transparentes oferecem o n√≠vel mais baixo de anonimato e s√£o usados ‚Äč‚Äčprincipalmente para fins de gerenciamento de rede. Os proxies an√īnimos fornecem anonimato moderado, ocultando o endere√ßo IP do cliente, mas ainda podem ser detect√°veis ‚Äč‚Äčpor m√©todos avan√ßados. Os proxies Elite oferecem o mais alto n√≠vel de anonimato, ocultando completamente o endere√ßo IP do cliente, tornando-os adequados para aplica√ß√Ķes que exigem m√°xima privacidade e seguran√ßa.

Uso de servidores proxy nas principais plataformas

Os servidores proxy desempenham um papel crucial nas opera√ß√Ķes das principais plataformas e servi√ßos online, incluindo Amazon, Bing, Google, Instagram, Reddit, Telegram e Twitter. Vamos nos aprofundar em como essas plataformas utilizam servidores proxy para otimizar o desempenho, aprimorar a seguran√ßa e garantir experi√™ncias de usu√°rio perfeitas:

  1. Amazon: Como uma das maiores plataformas de com√©rcio eletr√īnico do mundo, a Amazon depende de servidores proxy para diversos fins, incluindo balanceamento de carga, cache de conte√ļdo e seguran√ßa. Os servidores proxy ajudam a distribuir o tr√°fego de entrada entre v√°rios servidores, garantindo alta disponibilidade e escalabilidade durante per√≠odos de pico de compras. Al√©m disso, os servidores proxy armazenam em cache o conte√ļdo acessado com frequ√™ncia, como imagens e descri√ß√Ķes de produtos, reduzindo a lat√™ncia e melhorando a experi√™ncia geral de compra dos usu√°rios.
  2. Bing: O mecanismo de pesquisa da Microsoft, Bing, utiliza servidores proxy para melhorar o desempenho da pesquisa e fornecer resultados de pesquisa relevantes aos usuários. Os servidores proxy ajudam a otimizar o tráfego de rede, minimizar a latência e lidar com grandes volumes de consultas de pesquisa com eficiência. Além disso, os servidores proxy permitem que o Bing mitigue ameaças à segurança, como ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS), filtrando o tráfego malicioso e aplicando controles de acesso.
  3. Google: O Google, o mecanismo de busca l√≠der mundial, utiliza servidores proxy extensivamente em seus diversos servi√ßos, incluindo busca, Gmail e YouTube. Os servidores proxy permitem que o Google otimize o desempenho da rede, melhore a escalabilidade e melhore a confiabilidade de seus servi√ßos. Al√©m disso, os servidores proxy desempenham um papel crucial na prote√ß√£o da privacidade do usu√°rio e na seguran√ßa de dados confidenciais, como comunica√ß√Ķes por e-mail e informa√ß√Ķes pessoais armazenadas em contas do Google.
  4. Instagram: O Instagram, uma popular plataforma de m√≠dia social de propriedade do Facebook, utiliza servidores proxy para entrega de m√≠dia, distribui√ß√£o de conte√ļdo e autentica√ß√£o de usu√°rios. Os servidores proxy ajudam a otimizar a entrega de fotos e v√≠deos aos dispositivos dos usu√°rios, reduzindo a lat√™ncia e garantindo uma experi√™ncia de navega√ß√£o perfeita. Al√©m disso, os servidores proxy melhoram a seguran√ßa filtrando o tr√°fego malicioso, aplicando controles de acesso e detectando atividades suspeitas, como tentativas de sequestro de contas.
  5. Reddit: Reddit, uma plataforma social de agrega√ß√£o e discuss√£o de not√≠cias, depende de servidores proxy para cache de conte√ļdo, autentica√ß√£o de usu√°rio e fins de modera√ß√£o. Os servidores proxy ajudam a acelerar a entrega de conte√ļdo armazenando em cache postagens e coment√°rios acessados ‚Äč‚Äčcom frequ√™ncia, reduzindo o tempo de carregamento para os usu√°rios. Al√©m disso, os servidores proxy permitem que o Reddit aplique controles de acesso, detecte spam e comportamento abusivo e mantenha a integridade de sua plataforma.
  6. Telegram: Telegram, uma plataforma de mensagens instant√Ęneas baseada em nuvem, utiliza servidores proxy para permitir que os usu√°rios contornem a censura da Internet e acessem o servi√ßo em regi√Ķes onde ele est√° bloqueado. Os servidores proxy atuam como intermedi√°rios entre os usu√°rios e os servidores do Telegram, retransmitindo mensagens e outros dados enquanto mascaram os endere√ßos IP dos usu√°rios. Isso ajuda os usu√°rios a manter sua privacidade e anonimato online enquanto acessam os servi√ßos do Telegram com seguran√ßa.
  7. Twitter/X: O Twitter, uma plataforma de microblogging e rede social, utiliza servidores proxy para processamento de dados em tempo real, entrega de conte√ļdo e gerenciamento de API. Os servidores proxy ajudam o Twitter a lidar com grandes volumes de tweets, retu√≠tes e intera√ß√Ķes do usu√°rio com efici√™ncia, garantindo uma experi√™ncia de usu√°rio perfeita. Al√©m disso, os servidores proxy permitem que o Twitter imponha limites de taxa, filtre o tr√°fego malicioso e proteja contra ataques cibern√©ticos, como ataques DDoS e atividades de botnets.

Melhores países proxy

O ‚Äúmelhor‚ÄĚ pa√≠s proxy depende de suas necessidades e exig√™ncias espec√≠ficas. Aqui est√£o alguns fatores a serem considerados ao selecionar um pa√≠s proxy:

  1. Localização geográfica: Escolha um servidor proxy localizado em um país geograficamente próximo ao servidor do seu site de destino. A proximidade pode levar a velocidades de conexão mais rápidas e menor latência.

  2. Ambiente Legal e Regulatório: Considere o ambiente legal e regulatório do país proxy. Alguns países têm leis mais rígidas em relação ao uso da Internet, censura e privacidade de dados. Escolha um país com leis que correspondam aos seus requisitos de privacidade e segurança.

  3. Infraestrutura de Internet: Procure países com infraestrutura robusta de Internet e conectividade de alta velocidade. Países com infraestrutura de Internet avançada geralmente oferecem melhor desempenho de servidor proxy.

  4. Reputação de IP: Verifique a reputação dos endereços IP do país proxy. Alguns países podem ter uma maior prevalência de spam, malware ou outras atividades maliciosas, o que pode afetar a reputação dos endereços IP e afetar a sua experiência de navegação.

  5. Disponibilidade e Confiabilidade: Certifique-se de que os servidores proxy no país escolhido estejam prontamente disponíveis e sejam confiáveis. Procure provedores de proxy com um bom histórico de tempo de atividade, conforme visto na tag de tempo de atividade da lista de proxy

  6. N√ļmero de servidores: Considere o n√ļmero de servidores proxy dispon√≠veis no pa√≠s. Mais servidores significam melhor distribui√ß√£o de carga e confiabilidade.

Alguns países populares para uso de servidores proxy incluem:

  1. Estados Unidos
  2. Reino Unido
  3. Canad√°
  4. Alemanha
  5. Holanda
  6. Suíça
  7. Cingapura
  8. Jap√£o
  9. Austr√°lia

Em √ļltima an√°lise, o melhor pa√≠s proxy para voc√™ depender√° do seu caso de uso, prefer√™ncias e prioridades espec√≠ficas. √Č fundamental pesquisar e testar diferentes op√ß√Ķes para encontrar aquela que melhor atende √†s suas necessidades.

Configurando um servidor proxy

Configurar um servidor proxy em diferentes sistemas operacionais como Windows, Android, iOS e macOS envolve etapas ligeiramente diferentes. Aqui est√° um guia geral para cada um:

Windows:

  1. Abrir configura√ß√Ķes:

    • Clique no menu Iniciar e selecione ‚ÄúConfigura√ß√Ķes‚ÄĚ (√≠cone de engrenagem).
    • V√° para "Rede e Internet".
  2. Configura√ß√Ķes de proxy:

    • Clique em ‚ÄúProxy‚ÄĚ na barra lateral esquerda.
    • Na se√ß√£o "Configura√ß√£o manual de proxy", alterne a op√ß√£o para ativar "Usar um servidor proxy".
    • Digite o endere√ßo IP e a porta do seu servidor proxy.
    • Clique em ‚ÄúSalvar‚ÄĚ.

Android:

  1. Abrir configura√ß√Ķes:

    • V√° para o aplicativo ‚ÄúConfigura√ß√Ķes‚ÄĚ do seu dispositivo.
  2. Rede e Internet:

    • Procure a op√ß√£o ‚ÄúRede e Internet‚ÄĚ ou ‚ÄúConex√Ķes‚ÄĚ.
  3. Configura√ß√Ķes de wifi:

    • Toque em ‚ÄúWi-Fi‚ÄĚ (ou no nome da rede √† qual voc√™ est√° conectado).
  4. Configura√ß√Ķes de proxy:

    • Mantenha pressionado na rede conectada.
    • Selecione ‚ÄúModificar rede‚ÄĚ ou ‚ÄúConfigura√ß√Ķes avan√ßadas‚ÄĚ.
    • Role para baixo e selecione ‚ÄúProxy‚ÄĚ.
    • Escolha "Manual" e insira os detalhes do proxy (nome do host e porta do proxy).
    • Salve as configura√ß√Ķes.

iOS:

  1. Abrir configura√ß√Ķes:

    • V√° para o aplicativo ‚ÄúConfigura√ß√Ķes‚ÄĚ no seu dispositivo iOS.
  2. Configura√ß√Ķes de wifi:

    • Toque em ‚ÄúWi-Fi‚ÄĚ.
  3. Configura√ß√Ķes de proxy:

    • Encontre a rede Wi-Fi √† qual voc√™ est√° conectado e toque no √≠cone (i) pr√≥ximo a ela.
    • Role para baixo e toque em ‚ÄúConfigurar proxy‚ÄĚ.
    • Selecione ‚ÄúManual‚ÄĚ.
    • Insira os detalhes do servidor proxy (servidor, porta).
    • Toque em "Salvar".

Mac OS:

  1. Abra as Preferências do Sistema:

    • Clique no √≠cone da Apple no canto superior esquerdo e selecione ‚ÄúPrefer√™ncias do Sistema‚ÄĚ.
  2. Configura√ß√Ķes de rede:

    • Clique em ‚ÄúRede‚ÄĚ.
  3. Configura√ß√Ķes de proxy:

    • Selecione a interface de rede que voc√™ est√° usando (Wi-Fi, Ethernet, etc.).
    • Clique no bot√£o "Avan√ßado".
    • V√° para a guia "Proxies".
    • Marque a caixa ao lado de ‚ÄúWeb Proxy (HTTP)‚ÄĚ ou ‚ÄúSecure Web Proxy (HTTPS)‚ÄĚ.
    • Insira os detalhes do servidor proxy (servidor, porta).
    • Clique em ‚ÄúOK‚ÄĚ e depois em ‚ÄúAplicar‚ÄĚ para salvar as configura√ß√Ķes.

Lembre-se de inserir o endere√ßo correto do servidor proxy, a porta e quaisquer detalhes de autentica√ß√£o, se necess√°rio. Al√©m disso, algumas organiza√ß√Ķes podem fornecer instru√ß√Ķes ou software espec√≠fico para definir as configura√ß√Ķes de proxy, por isso √© sempre uma boa ideia consultar o administrador da rede se voc√™ estiver configurando um proxy para trabalho ou escola.

Uso de SSL em servidores proxy

Os protocolos de criptografia Secure Socket Layer (SSL) ou seu sucessor Transport Layer Security (TLS) s√£o componentes essenciais da infraestrutura moderna de servidores proxy. SSL/TLS garante comunica√ß√£o segura entre clientes e servidores proxy, bem como entre servidores proxy e servidores de destino. Essa criptografia ajuda a proteger dados confidenciais, como credenciais de login, informa√ß√Ķes pessoais e transa√ß√Ķes financeiras, contra intercepta√ß√£o e acesso n√£o autorizado por agentes mal-intencionados.

Os servidores proxy suportam criptografia SSL/TLS por meio de termina√ß√£o SSL e t√©cnicas de ponte SSL. A termina√ß√£o SSL envolve a descriptografia do tr√°fego criptografado no servidor proxy antes de encaminh√°-lo para o servidor de destino em texto n√£o criptografado. Isso permite que o servidor proxy inspecione e filtre o tr√°fego para fins de seguran√ßa, como detec√ß√£o de malware e filtragem de conte√ļdo. A ponte SSL, por outro lado, mant√©m a criptografia ponta a ponta entre clientes e servidores de destino, com o servidor proxy atuando como um intermedi√°rio transparente que retransmite o tr√°fego criptografado sem descriptograf√°-lo.

Em resumo, os servidores proxy s√£o componentes integrantes da infraestrutura que alimenta as principais plataformas e servi√ßos online, incluindo websites de com√©rcio eletr√≥nico, motores de busca, plataformas de redes sociais, aplica√ß√Ķes de mensagens e muito mais. Ao aproveitar servidores proxy, essas plataformas podem otimizar o desempenho, aprimorar a seguran√ßa e oferecer experi√™ncias de usu√°rio perfeitas para milh√Ķes de usu√°rios em todo o mundo. Al√©m disso, a criptografia SSL/TLS garante comunica√ß√£o segura entre clientes, servidores proxy e servidores de destino, protegendo dados confidenciais contra intercepta√ß√£o e acesso n√£o autorizado.

  1. IA e aprendizado de máquina: Os servidores proxy aproveitarão cada vez mais a inteligência artificial (IA) e algoritmos de aprendizado de máquina para aumentar a segurança, otimizar o desempenho da rede e personalizar as experiências do usuário.
  2. Computação de borda: Os servidores proxy desempenharão um papel crucial nas arquiteturas de computação de ponta, permitindo processamento descentralizado de dados, comunicação de baixa latência e análises em tempo real na borda da rede.
  3. Integração Blockchain: Os servidores proxy integrarão a tecnologia blockchain para aumentar a transparência, integridade e responsabilidade na comunicação pela Internet, mitigando assim as ameaças cibernéticas e garantindo a privacidade dos dados.
  4. Criptografia qu√Ęntica segura: Os servidores proxy adotar√£o protocolos de criptografia qu√Ęntica seguros para proteger contra avan√ßos futuros na computa√ß√£o qu√Ęntica, garantindo a seguran√ßa a longo prazo da comunica√ß√£o pela Internet.
  5. Rede de confian√ßa zero: Os servidores proxy adotar√£o princ√≠pios de rede de confian√ßa zero, exigindo autentica√ß√£o e autoriza√ß√£o cont√≠nuas para todas as comunica√ß√Ķes de rede, minimizando assim o risco de amea√ßas internas e acesso n√£o autorizado.